Blog do Yogue

Busca

Sobre o blog

A idéia deste meu blog é trazer o mundo do yoga e da meditação mais perto do seu cotidiano.

Adoro responder e investigar sobre este assunto, pois é uma forma preciosa de conhecer mais este universo.

Este nome “blog do yogue” é porque vamos aproveitar a sabedoria de muitos e muitos yogues do passado e do presente para rechear e iluminar o nosso dia a dia. Yogue para quem não sabe é um sábio. E mais propriamente é aquele que chegou lá! Chegar lá no yoga é uma das muitas coisas a se saber...

29/06/2010

As vibração do cérebro e a vibração da água

 
 

As vibração do cérebro e a vibração da água

(foto - alice martins)


O som da água bem como a imagem viva das ondulações e movimentos da superfície de um espelho d'água alteram a frequencia das ondas cerebrais. Esta alteracão representa a nível cerebral e fisiológico ao estado de meditacão. A meditação traz substanciais melhoras aos hipertensos bem como fortalece o sistema imunológico a medida que é forte agente redutor do estresse. Ao acalmar a mente nos tornamos gradativamente um melhor conhecedor de nós mesmos. A meditação pertence a humanidade. Independente da religião, tipo de crença ou tradição que você siga ou mesmo que não siga nenhuma, ela nos faz perceber a verdadeira união entre todos as pessoas, entre todos os seres vivos, entre você e o universo infinito.


 RETIRO DE YOGA E MEDITAÇÃO  - 07 DIAS IMERSOS NAS PRÁTICAS DO YOGA - INICIO 25 DE JULHO - www.yogadham.com.br - VAGAS LIMITADAS -  


 Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização.


Por Sandro Bosco às 20h44

24/06/2010

Em companhia da verdade

 

Sempre que dois ou mais praticantes se unem para juntos praticarem ou dividirem suas experiências de yoga e meditação forma-se o sat-sangham, que significa "em companhia da verdade".

 


Yoga e Meditação  - perguntas e respostas com Sandro Bosco

Venha desfrutar deste momento amanhã, sexta–feira as 20hs no Yoga Dham

As contribuições voluntárias de alimento não perecíveis serão doadas para a ONG Quixote.

www.yogadham.com.br


(foto - R.Setton)

Por Sandro Bosco às 13h54

23/06/2010

Yoga me purificou como uma cachoeira

"Quando fiz o retiro de yoga & meditation do Yoga Dham no Embu com Sandro & equipe foi demais. Havia uma ideia que desintoxicava física e mentalmente. No ultimo dia durante o relaxamento senti uma cachoeira de energia atravessando meu corpo dos pés a cabeça ... very special ! Houve uma renovação de todo a minha alegria e disposição como nunca havia sentido." ( atriz 23 anos) 


Foto em um retiro de yoga e meditação que eu conduzi em Tremembé / SP em 1995. Teve tempo até para este banho especial.


No retiro mantemos a disciplina e rotina milenar de um ashram indiano. Esta rotina é tão antiga quanto aos Vedas. É tão sábia quanto os próprios Vedas.
Ashram é conhecido como uma comunidade de praticantes de yoga e meditação. Na Índia é a casa do Guru ou mestre onde ele se estabelece para passar seus ensinamentos. Curiosamente a palavra ashram significa literalmente a ‘não-fadiga’.
Portanto estas disciplinas e práticas yóguicas nesta rotina acabam a fadiga humana, a mental e física promovendo uma profunda purificação física e mental.

Isto torna mais compreensível a experiência deste depoimento acima.


ESTAMOS EM CONTAGEM REGRESSIVA PARA O RETIRO DE 07 DIAS.

COMEÇA EM PLENA LUA CHEIA, EM 25 DE JULHO PRÓXIMO - WWW.YOGADHAM.COM.BR -


 Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização.


 

Por Sandro Bosco às 18h21

22/06/2010

Posturas invertidas trazem falta de ar?

 
 

Posturas invertidas trazem falta de ar?

Alguns alunos do  Curso de Formação de Professores do Yoga Dham (inscrições para agosto já estão abertas) já perguntaram porque os novatos na prática dos yogasanas reclamam de náuseas durante e depois das posturas invertidas mesmo em uma postura de pouco demanda de esforço como viparita karani?


 

HALASANA - Postura do arado


Pode ocorrer porque há uma restrição da respiração e podemos ter isto como uma causa em potencial. E normalmente quando com o tempo o aluno consegue criar mais espaço interno no corpo e no diafragma e aí este problema diminui. Os novatos também tendem a segurar a respiração – mesmo que um pouco – quando se sentem nervosos a fazer algo que nunca fizeram (como ficar de ponta cabeça) e que então traz temor. Flexões  sentada para frente com apoio de almofadas são importantes para prevenir náuseas que ocorrem depois das invertidas.



PASCHIMOTANASANA - postura da flexão intensa do lado posterior (oeste) do corpo


Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização.


Por Sandro Bosco às 15h45

21/06/2010

A Lua cheia de julho com yoga e meditação

Contagem regressiva do Retiro do Yoga Dham, faltam 33 dias. A energia vai crescendo! Serão 07 dias de yoga e meditação. www.yogadham.com.br

Por Sandro Bosco às 21h53

17/06/2010

Para meditar não funciona querer

Quando o assunto é meditação é bom lembrar que não funciona dizer: "Eu quero meditar". No querer tem uma ação mental, é um desejo, meditação não há desejo, meditação é a ação interior sem pensamentos, sem a mente pensante, sem palavras.


Hoje cedo minha prática foi interessante, quando, depois que a minha mente silenciou, pude perceber como alguns pensamentos ora e outra tentavam voltar a 'tela mental'. Naquele momento minha 'consciencia testemunha' por estar bem acordada e prevelecendo naquele espaço de energia, podia perceber como alguns pensamentos vinham de sensações físicas e daí procuravam gerar aquela cadeia de associações interminável e descontrolada. Mas que por eu estar vendo-os de perto, testemunhando vivamente a presença deles, eles como que se desmantelavam e naufragavam no todo protetor oceano de silencio e vazio.

 


 

(foto - R.Setton)

Uttanasana - Alongamento anterior intenso -

Se você já pratica yogasanas e pretende meditar mas seus pensamentos  estão agitados; esta posturacom 3 a 4 minutos de permanência  pode rapidamente acalmar o cérebro, aquietar a mente e preparar você para meditar em silencio.

 


 

ESTE SÁBADO TEM WORKSHOP DE MEDITAÇÃO - WWW.YOGADHAM.COM.BR

Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização

Por Sandro Bosco às 16h29

15/06/2010

Meditação - Preserve a sua energia!

 

Leia mais esta argumentação dedutiva do Mulla Nasrudin


'Que idade você tem, Mulla?' alguém perguntou.

 

'Três anos mais velho que meu irmão.'

'E como você sabe disto?'

"Deduzindo. No ano passado eu ouvi meu irmão dizendo para alguém que eu era dois anos mais velho que ele. Já passou um ano. Isto então significa que eu já sou mais velho um ano. Logo eu já serei velho o suficiente para ser avô dele.'

 


 

Apesar da aberração contida nesta parábola os constantes julgamentos da mente, se você reparar bem, são tão incongruentes como a argumentação do Mulla.  Para o praticante de meditação muita energia é desperdiçada no hábito constante de focar a atenção na vida dos outros e nenhum  fruto bom é colhido disto.

Concentre-se em voce, concentre-se na sua prática de meditação. A meditação é uma forma de swadhyaya - auto-estudo - que os sábios e yogues da antiguidade consideram de enorme importância. 


 

.

Por Sandro Bosco às 18h06

Por Sandro Bosco às 13h26

12/06/2010

Ela ensina a yoga da gentileza.

 
 

Ela ensina a yoga da gentileza.

 

Hoje foi um dia excelente de prática de yogasanas e pranayama com a Profa. Melodie Bachelor da Nova  Zelandia, convidada pelo Yoga Dham a estar novamente em terras brasileiras. O que mais me toca na sua forma de ensinar é sua calma e sua naturalidade permanente. Se você é professor(a) de yoga iria se surpreender como ela lidera durante seis horas de trabalho sem se esforçar em liderar. Ela vai incluindo tudo que acontece na aula e isto vai dando uma paticipação natural de tudo e de todos. Isto tudo ocorre livremente mas ela mantém o 'fio da meada' em suas mãos, em suas palavras, em sua extrema educação, paciência e gentileza com os alunos.

Agradeço aos céus por tê-la aqui conosco!

 

Por Sandro Bosco às 20h30

09/06/2010

A importância de meditar regularmente

"Aquele que não pratica regularmente é puxado para fora da meditação pelos órgãos de percepção, mesmo que ele se esforce em tentar controlá-los. Sua meditação poderá ser facilmente perturbada pelas distrações como frio, calor, prazer, dor das tristezas mentais e mosquitos que criam dor física e fazem a mente vaguear."

YOGA SIKSHA UPANISHAD


WORKSHOP DE MEDITAÇÃO NO YOGA DHAM

tema - "De onde vem os pensamentos"

DIA 19 DE JUNHO  - SÁBADO -

INFORME-SE  - yogadham@yogadham.com.br

Por Sandro Bosco às 17h49

Workshop

 
 

Workshop

Por Sandro Bosco às 12h06

07/06/2010

Meditação na ação

 
 

Meditação na ação

Profa. Luciana Gomes em silencio meditativo ao executar uma variação, com acessorio, de Ubhaya Padangusthasana ou estará a caminho do Urdva Mukha Paschimotanasana? Seja qual for o yogasana é visível nela o aspecto de dharana, concentração.


Quando estamos concentrados no corpo físico durante a prática do yogasana - postura do yoga -, há uma expansão da consciencia e as flutuações da mente - vrittis - cessam e o que resta é a valiosa meditação na ação!


Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização

Por Sandro Bosco às 22h50

06/06/2010

Yoga e verdade: qual é o preço?

 
 
Verdade é uma palavra cara. Quando se tem um vislumbre dela atraves da prática do yoga e da meditação o caminho toma uma nova lufada de entusiasmo. Foi assim algumas vezes na minha trajetória yogue. Em 1977 tive uma experiência em meditação que mudou o meu rumo. Percebi que tudo que eu era ou que acreditava que era estava distante da verdade. Tornou-se mais claro a partir de então, perceber o que eu não era ou melhor, o que eu me julgava ser como os vários papeis e funções da vida em sociedade assim como as crenças que as sustentavam. Naquela profunda meditação entendi que o que eu era de fato não tinha nome nem forma era algo que eu deveria desvendar ao longo da vida e das práticas. Não havia dualidade naquela experiência, tudo no universo era interdependente tantos as mihas células do corpo físico como os planetas deste sistema solar que vivemos. Me sentia presente tanto aqui onde estou agora como a milhões de kilômetros de distância. Mas ali naquele momento, algumas referencias começaram a se delinear, como certos estados interiores que me davam e me dão até hoje sinais claros de que estou próximo dela, da verdade, estados como o de profundo amor indistinto pela "existência". Esta sexta feira quando vi este por do sol a experiência yogue se tornou real. A luz quando surge é inegável.

Por Sandro Bosco às 12h23

01/06/2010

Por Sandro Bosco às 16h45

Sobre o autor

Sandro Bosco

Certificado internacional de Iyengar Yoga. Ensina e pratica yoga e meditação há mais de 40 anos, coordena a escola Yoga Dham. Neste blog compartilha regularmente todas estas experiências.

Histórico