Blog do Yogue

Busca

Sobre o blog

A idéia deste meu blog é trazer o mundo do yoga e da meditação mais perto do seu cotidiano.

Adoro responder e investigar sobre este assunto, pois é uma forma preciosa de conhecer mais este universo.

Este nome “blog do yogue” é porque vamos aproveitar a sabedoria de muitos e muitos yogues do passado e do presente para rechear e iluminar o nosso dia a dia. Yogue para quem não sabe é um sábio. E mais propriamente é aquele que chegou lá! Chegar lá no yoga é uma das muitas coisas a se saber...

25/11/2010

Você já chegou, portanto não precisa ir a lugar nenhum

 
 O sábio indiano Krishnamurti (1895-1986) disse:

“A meditação não é um meio para atingir um fim, é tanto o meio como o fim”


Gosto muito desta frase pois é quando a mente dual entra em um beco sem saída. A busca não é um meio é o próprio fim. O caminho já é a chegada. O Caminho, o Tao, como ensina o lendário sábio chinês Lao Tzu, é tão pleno como o caminhar.

Sempre volto a repetir aos alunos que quando eles me dizem "vou tentar fazer a postura" eu digo “você não está tentando fazer o yogasana – a postura de yoga – quando você começa você já está fazendo”, tentar já é fazer! Meu cuidado em alertá-lo é porque 'tentar', fica no limite de 'conseguir ou não conseguir', 'êxito ou não êxito', e isto é apenas o limitado jogo da ilusão da mente, pois ao começar você já conseguiu. Sempre é possível e saudável questionar a própria mente pois seu conhecimento baila ao som da música da relatividade. E a resposta vinda da mente é incompleta pois é relativa, quando a resposta vem o silencio interior do yoga, do vazio  - sunya – da meditação, é plena, pois vem do ‘além da mente’. Questões do tipo “será que eu estou meditando?” só engordam o ego mental e engrossam a barreira entre você e a realidade. Que realidade que estou falando? A realidade do momento presente, a relidade livre do sofrimento humano. A prática do yoga não é um meio, é tanto o meio como o fim.

Mas, por favor me pergunte:

 - Como algo pode ser tanto bonito como feio? Tanto o meio como o fim? Tanto dia como noite? Tanto doce como salgado? Tanto prazeroso como doloroso? Tanto sim como não?

 - Não pode!  Senão no espaço além das fronteiras limitadas do ego mental.


Os textos e fotos deste blog são reservados aos direitos de publicação dos fotógrafos e do autor, Sandro Malburg Bosco, e não devem ser copiados ou reproduzidos sem autorização

Por Sandro Bosco às 08h47

22/11/2010

A prática com prof. indiano Arun continuará até domingo dia 28.

 
 

 

 

 

Terminou ontem o programa de três dias de Iyengar Yoga com o Prof. Arun de Bangalore / India.

Todos puderam sentir como ir fundo e mais fundo em cada postura de yoga e havia uma calma geral no fim da tarde de domingo. Desfrutamos de uma das atmosferas mais serenas naquele gran finale  de horas e horas de prática.


Em função das vagas deste programa ter se esgotado meses antes do seu inicio, o prof Arun continua esta semana com aulas diárias de 2h e teremos, mais um workshop neste fim de semana do dia 27 e e 28.


Informe-se no www.yogadham.com.br ou yogadham@yogadham.com.br

Por Sandro Bosco às 22h31

15/11/2010

Novidade

"Eu não estou separado do asana, o asana não está separado de mim,

 eu sou o asana e o asana sou eu" (do livro BKS Iyengar Wisdom and Practice)

O mestre Iyengar praticando.


Ete livro foi lançado em português pela Publifolha agora em 2010 como 'BKS Iyengar a Sabedoria e a Prática da Yoga' e é uma boa aquisação para os praticantes dos yogasanas.

Por Sandro Bosco às 21h14

09/11/2010

No dia 23 de novembro, às 19h00, iremos nos reunir na Selections, Av. Europa 367, em São Paulo,

para um bate-papo sobre o Retiro de Yoga & Meditação, que será realizado em Púcon, sul do Chile,

entre os dias 22 e 29 de janeiro de 2011.  Neste encontronto iremos apresentar o conteúdo do retiro,

como será o nosso dia-a-dia e falar um pouco da região maravilhosa que é Púcon, com a sua riqueza em

natureza. Os interessados podem confirmar sua presença pelo email: junio@selections.com.br.

Mais informações sobre o retiro no site: www.yogadham.com.br

Aguardo vcs !

    

Por Sandro Bosco às 10h27

08/11/2010

Barack Obama inspirado por Gandhi

Hoje o presidente norte americano Barack Obama e sua esposa estiveram no memorial ao Mahatma Gandhi na India e ele citou as palavras atemporais do Mahatma como "em sua lição simples e profunda de sermos a mudança que queremos ver no mundo”.

Sempre falo aos alunos de yoga que querem que seus parentes ou amigos venham praticar para desfrutarem dos mesmos benefícios que o yoga está trazendo a eles, como saúde física e paz mental, que mantenham sua prória disciplina de vir as aulas para praticar regularmente, pois é isto que atrairá quem está ao seu lado para o yoga é o seu exemplo que move montanhas. Estas palavras de Gandhi são extremamente sábias!

"Você precisa ser a mudança que quer ver no mundo" disse Gandhi.

 Já  vi professores de yoga que usam drogas e alcóol e indago como eles podem ser a mudança para o mundo do yoga? Como combinar o yoga que purifica o corpo mental e físico com substâncias que intoxicam o corpo mental e físico? Impossível! Outros já tentaram me convencer que nem todas as substâncias alucinógenas que alteram a consciência são drogas  e que elas podem servir para aumentar a minha sensibilidade. Como ouvir isto de alguém que ensina meditação e yoga? A droga é uma violência para a sua saúde, para o seu sistema fisiológico.

Como não ser o exemplo daquilo que você ensina? Como não ser a mudança do que você quer ver no mundo?

Mesmo os educadores sabem que as crianças, filhos e filhas não são inspirados pelo que os pais falam mas pelo que eles vêem nos pais. Crianças vêem e sentem.

 No início dos anos 80 depois de ter lido uma biografia e a auto-biografia de Gandhi, estive em seu memorial em Delhi na India e é comovente. Sabendo o que ele conseguiu através da pratica de ahimsa, não violência e de satyagraha, o apego a verdade,  tenho ele como uma inspiração para o yoga.

Por Sandro Bosco às 22h32

06/11/2010

A boa sorte

Inauguramos!

Hoje aproveitando o início oficial das atividades na nova sede do Yoga Dham e o momento auspicioso do Dwali  - a festa das luzes e inicio do calendário indiano -  fizemos um maravilhoso canto para Lakshmi, a deusa hindu da boa sorte, fortuna e prosperidade material e espiritual.

Fiz uma palestra que incluiu os 08 aspectos da deusa Lakshmi e de seus atributos e na palestra disse que há dois tipos de riqueza material, aquela construída com dedicação e honestidade  e que vemos como algo bom e que gera bons frutos e a outra feita com violência e desavenças. A primeira é dhármica e duradoura e a segunda é efêmera (por mais que aparentemente não pareça) e por isto não tem o suporte de Lakshmi. Por isto pouco serve a riqueza material que não vem junto com a riqueza espiritual.

Neste sábado entre flores, frutas, abraços e bênçãos, tivemos uma carinhosa chuva no término da nossa meditação assegurando-nos que a natureza acolheu nossa ritual de bênçãos e boa intenção.

Estar em um ambiente como este e em tão boa companhia é uma boa sorte e uma grande fortuna!

Por Sandro Bosco às 19h59

Sobre o autor

Sandro Bosco

Certificado internacional de Iyengar Yoga. Ensina e pratica yoga e meditação há mais de 40 anos, coordena a escola Yoga Dham. Neste blog compartilha regularmente todas estas experiências.

Histórico