Blog do Yogue

Busca

Sobre o blog

A idéia deste meu blog é trazer o mundo do yoga e da meditação mais perto do seu cotidiano.

Adoro responder e investigar sobre este assunto, pois é uma forma preciosa de conhecer mais este universo.

Este nome “blog do yogue” é porque vamos aproveitar a sabedoria de muitos e muitos yogues do passado e do presente para rechear e iluminar o nosso dia a dia. Yogue para quem não sabe é um sábio. E mais propriamente é aquele que chegou lá! Chegar lá no yoga é uma das muitas coisas a se saber...

25/06/2008

Inteligência do coração

Inteligência do coração

Comentário do post de 23 de junho.

Isso é mesmo muito "tricky", intrigante... um koan, então (meus amigos budistas e eu gostamos de brincar com estas armadilhas mentais): como não se tornar repetitivo ao pensar periodicamente nas questões que você apresentou? ).

 Me lembrou aquela historinha muito legal (acho que em "A tijela e o bastão") sobre a mente e o espelho... há que se limpar para evitar o acúmulo de pó. Aí o monge mais "bronco", analfabeto e tal, pede que escrevam para ele "se não existe espelho, onde irá se acumular pó?" Este "bronco" veio a se tornar o 6º patriarca do budismo zen, Hui Neng (também citado em "Wisdom of the zen masters", em quadrinhos, por Tsai Chih Chung, Anchor Books, pag. 26 e 27)
Tati Karpa | otrecocerto.blogspot.com | 24/06/2008 21:23

 

 

Gostei do comentário da Tati porque me inspirou a contar uma história de Eknath Maharaj um verdadeiro yogue da Índia, que acolhia a todos com os seus ensinamentos sobre yoga. Apesar de pobre Eknath Maharaj aceitou cuidar de um filho deficiente mental a pedido da mãe do menino, devota de Eknath Mararaj, que em função da pobreza confiou a ele a guarda de seu filho. O menino nada sabia fazer até que Eknath Maharaj ensinou a preparar um docinho assado típico da região, os famosos purampolis, que Eknath Maharaj dava às visitas e buscadores da verdade que o procuravam como prasada (alimento espiritual) .
Tocado pelo amor incondicional de Eknath Maharaj o sensível menino logo se torna um incomparável cozinheiro de purampolis, e seguia feliz da vida com infinita e pura obediência ao seu guru, seu pai espiritual.

Seu apelido no ashram (a casa do guru) tornou-se Purampoli.
O tempo passou e Eknath Maharaj adoeceu e rumores corriam entre seus discípulos mais antigos e letrados, qual deles seria escolhido e encarregado para terminar, após a morte do guru, os comentários ao Ramayana – escritura hindu – que ao que parecia o mestre não teria tempo de terminar nesta vida.
Eknath Maharaj se foi deste mundo físico (apenas ) e a nenhum deles delegou tão importante missão sobre as escrituras. Com o tempo o menino especial que de forma tão pura e sincera havia servido ao seu mestre e que não sabia ler nem escrever (até aquele momento) começou, para a surpresa de todos, a escrever os comentários do Ramayana na mesma linha de ensinamentos e vocabulário do guru, ou melhor ainda como extensão das palavras e sentimentos de Eknath Maharaj.

E em pouco tempo todo o trabalho estava concluído!

Namaste

Por Sandro Bosco às 18h22

24/06/2008

Uma santa yogui viva

Uma santa yogui viva

“Uma mente de ouro cria uma vida de ouro”.
                                Gurumayi Chidvilasananda

Hoje, 24 de junho, é o aniversário desta yogui santa da Índia.

 

Swami Chidvilasananda ou Gurumayi como é conhecida, pertence a uma linhagem de mestres siddha,que significa "um ser perfeito". Ela nos ensina:

“Permita que o sentido de maravilhar-se seja constante”.

www.siddhayoga.org

Ofereço o meu respeito e as mais sinceras reverências a este Ser Iluminado !

Feliz Aniversário Gurumayi !

Por Sandro Bosco às 10h20

03/06/2008

O Fogo da Transformação

O Fogo da Transformação

 

Tapas é o ingrediente essencial para um praticante de yoga desenvolver-se. Talvez posso dizer que é o primeiro ou o segundo na escala de importância uma vez que o yoga já despertou o seu interesse. Tapas vem da raiz tap que é o atritar de duas pedras para que esta faísca gere o fogo. Também é entendido como austeridade ou o esforço sobre si mesmo. Se você já viveu a tentativa de transformar outra pessoa já percebeu o quanto é infrutífero se você não é "o exemplo". É o esforço ardente que traz purificação e auto disciplina. Por isto tapas é o fogo do yoga que como o elemento ígneo transforma a matéria grossa  - o corpo físico -  e matéria sutil  - o corpo mental.   (foto - detalhe da Escola Yoga Dham em uma noite de outono).

 

"A pessoa indisciplinada (atapasvin)

não obtém sucesso no Yoga"

                                                           Yoga-Vârttika (2.1)

Por Sandro Bosco às 18h26

Sobre o autor

Sandro Bosco

Certificado internacional de Iyengar Yoga. Ensina e pratica yoga e meditação há mais de 40 anos, coordena a escola Yoga Dham. Neste blog compartilha regularmente todas estas experiências.

Histórico