Blog do Yogue

Busca

Sobre o blog

A idéia deste meu blog é trazer o mundo do yoga e da meditação mais perto do seu cotidiano.

Adoro responder e investigar sobre este assunto, pois é uma forma preciosa de conhecer mais este universo.

Este nome “blog do yogue” é porque vamos aproveitar a sabedoria de muitos e muitos yogues do passado e do presente para rechear e iluminar o nosso dia a dia. Yogue para quem não sabe é um sábio. E mais propriamente é aquele que chegou lá! Chegar lá no yoga é uma das muitas coisas a se saber...

24/04/2009

A mente poderosa.

 
 

A mente poderosa.

 

"Nada se obtém com a mente que duvida."

B.k.S.Iyengar


Uma visitante do blog do yogue e aluna, lembrou desta frase do Sr. Iyengar que está num quadro na sala do Yoga Dham  (minha escola  de yoga em S.Paulo) e que tem muito a ver com o post de ontem. Obrigado Eliana.

 


Por Sandro Bosco às 13h01

03/04/2009

Aula de yoga na reunião do G20

 
 

Aula de yoga na reunião do G20

Li esta semana na mídia, em uma das manifestações para o encontro do G20, um banner com aquela mensagem básica: lembrem-se do povo e do planeta!

Na filosofia yogue e prática do norte da Cachemira / Índia, já com alguns milênios de existência, encontramos o princípio dos três “malas” que em sânscrito pode-se entender como grilhões, amarras. Estas amarras prendem o ser humano a uma visão ilusória de exsitência humana.  Uma delas chama-se anavamala, que é a noção de que eu sou eu e o outro é o outro. É um véu de ilusão mas que ajuda muito na hora de uma decisão (egoísta) pois eu sou eu e dane-se a outra pessoa, o meu país é o meu país e dane-se o outro,e agora não dá para falar o meu planeta é meu e dane-se. Dane-se quem ?

Estamos no mesmo planeta! Anavamala é como um véu de maya  - de ilusão -  que não me faz perceber a unidade entre todas as formas vivas animadas ou inanimadas. Este véu cria a sensação de separação que tanto nos faz sofrer e buscar felicidade e satisfação fora. Mas no momento que eu consigo ver isto em tudo e viver isto, me tornei um yogue, unifiquei minha visão de mundo e de universo. Dizem que as aparências enganam, mas me dá a impressão, ou parece, que este é um bom momento dos presentes na reunião do G20 terem pensado assim. Será? Quem é que ia dar uma boa aula de yoga para o G20, ninguém lembrou disto?

Falha na programação!


 

 

MODELO DE AULA DE YOGA PARA A REUNIÃO DO G20 QUE FICOU (TOMARA) PARA A PRÓXIMA

 

 

Roteiro para  a aula de yoga para a reunião do lideres do G20  - (estava escrito) o professor ia propor: "vamos abaixar a cabeça, voltar o rosto para baixo, conectar o coração com o solo, agradecer a mãe terra por tudo que nos deu até agora e que a energia latente nas profundezas da terra , diretamente do coração desta mãe chamada natureza, que nos ajude neste momento a pensar e decidir com a "limitada razão" mas vindo de dentro deste oceano do coração!

Por Sandro Bosco às 16h30

Sobre o autor

Sandro Bosco

Certificado internacional de Iyengar Yoga. Ensina e pratica yoga e meditação há mais de 40 anos, coordena a escola Yoga Dham. Neste blog compartilha regularmente todas estas experiências.

Histórico