Blog do Yogue

Busca

Sobre o blog

A idéia deste meu blog é trazer o mundo do yoga e da meditação mais perto do seu cotidiano.

Adoro responder e investigar sobre este assunto, pois é uma forma preciosa de conhecer mais este universo.

Este nome “blog do yogue” é porque vamos aproveitar a sabedoria de muitos e muitos yogues do passado e do presente para rechear e iluminar o nosso dia a dia. Yogue para quem não sabe é um sábio. E mais propriamente é aquele que chegou lá! Chegar lá no yoga é uma das muitas coisas a se saber...

24/06/2009

Feliz Aniversário Gurumayi Chidvilasananda

 
 

Feliz Aniversário Gurumayi Chidvilasananda

 

Hoje no aniversário desta Yogue iluminada quero presentear os visitantes desta blogosfera com este techo do livro dela.


"Isto é sadhana (caminho espiritual). Muitas vezes nos é dado muitos ensinamentos, mas quando não há yoga da sabedoria com os ensinamentos, nós não sabemos como entende-los. Da mesma maneira, não importa quantas coisas nos sejam  apresentadas na nossa vida, se nós não tivermos entendimento interior, se nós não tivermos reconhecimento interior, nós não sabemos oque fazer com eles.”

Gurumayi do livro “ Acenda a chama do meu coração”


 

 

Por Sandro Bosco às 07h22

16/06/2009

A meditação do cineasta David Lynch

A meditação do cineasta David Lynch

 

Assista só esta experiência de meditação em grupo nas ruas do Rio de Janeiro.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1060588-7823-GRUPO+FAZ+MEDITACAO+NAS+RUAS+DO+CENTRO+DO+RIO,00.html

O foco da experiência deles é que meditação traz paz e contamina!


O cineasta David Lyinch conta em seu livro sobre meditação - EM ÁGUAS PROFUNDAS, Editora Gryphus - "Os pequenos peixes nadam na superfície, mas os grandes nadam em águas profundas. Se você conseguir expandir o cesto de pesca - sua consciência - , poderá pegar peixes maiores". Mais a frente ele explica oque obteve no campo da criatividade atraves da meditação, explicando que se a sua consciencia é do tamanho de uma bola de golfe, você terá o entendimento da leitura de um livro deste tamanho, mas se a sua consciencia se expande atraves da prática da meditação a leitura do mesmo livro será totalmente diferente, será atraves de uma visão mais ampla. Daí a necessidade e vantagem de aprofundarmos no oceano profundo da nossa consciência atraves da meditação.

Principalmente se você é ligado em arte, cinema ou criatividade é uma leitura que vale a pena.

 

EM AGUAS PROFUNDAS: CRIATIVIDADE E MEDITAÇAO

 


As milenar escritur indiana do Upanishads diz:

"Assim como um espelho reluz quando está limpo, aqueles que vêem a Si Própios também reluzem. Eles são eternamente preenchidos pela felicidade"


 

Por Sandro Bosco às 22h34

09/06/2009

Reduza a ansiedade. Pratique o "Yoga do Ouvir".

 COMENTÁRIO no blog de hoje

Sandro, estou gostando muito de ler os post antigos! Li semana passada um que foi bem importante: você falava sobre escutar. Como é difícil realmente escutarmos os outros, muitas vezes enquanto alguém fala nossa cabeça já está cheia com nossos próprios pensamentos e julgamentos. Gostaria muito de poder cada vez mais escutar ou outros de verdade, e percebo que o yoga me ajuda muito nisso. Obrigada, Livia
Livia - 09/06/2009 16:15


A raiz é o estado de meditação

Livia, que ótimo que você leu este antigo post do saber ouvir. O "Yoga do Ouvir" é poderoso! Quando conseguimos ouvir o outro com totalidade é porque esvaziamos a mente e isto é meditação e meditação é a raiz do yoga. Na árvore cuja raiz é o estado de meditação, a flor é o yoga e o fruto é contentamento interior.


Não achar nada!

Veja só quantas vezes por dia podemos praticar este valioso yoga! Quando escutamos sem nos preocuparmos com oque responder ficamos no momento presente, ficamos totalmente livres. Este exercício de ouvir é uma chance incrível de permanecer no 'agora' muitas vezes por dia. Nossa sociedade nos imprime a idéia de que temos sempre que dar opiniões e acharmos algo de tudo que vemos e ouvimos. No entanto isto alimenta a ansiedade e a  ansiedade nos distancia da nossa verdadeira natureza. É extremamante libertador ater-se só a ouvir a outra pessoa, sem o compromissso de dar nenhuma opinão, nenhum "achismo".


A prisão do ego

Temos em nós a regencia prisioneira  e forte do ego, onde lutar pelas nossas opiniões nos faz sentir mais importantes e assim muita energia é desperdiçada tolamente  Concordar e discordar é o que separa o o paraíso da terra. Quando ouvimos com a mente vazia ocorre o despertar da sabedoria interior, pois ouvimos com o coração. O coração é a morada da consciencia!


Por Sandro Bosco às 22h37

Sobre o autor

Sandro Bosco

Certificado internacional de Iyengar Yoga. Ensina e pratica yoga e meditação há mais de 40 anos, coordena a escola Yoga Dham. Neste blog compartilha regularmente todas estas experiências.

Histórico